Criatividade Infantil: os benefícios e as dicas para estimular

0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Um dia me deparei com está foto e fiquei surpresa com tamanha criatividade da Lorena.

Criatividade das crianças

Ela adora desenhar, fez este desenho para que a minha mãe pudesse fazer uma roupa igual para a sua Barbie.

Confesso que fiquei feliz de vê-la desenvolvendo a sua criatividade e da minha mãe em compartilhar para que a sua criação se concretiza-se.

Adoro ver a Lorena brincando e criando as suas próprias brincadeiras.

Ela pega uma boneca e transforma num outro personagem.

Outra hora, se veste com uma roupa dela mesma e cria uma fantasia, que mágico né!?

Assim acredito que é esse mundo mágico das crianças que vejo por aqui e logo terei o prazer de ver nos meninos.

E qual é a importância deste estímulo

A maneira mais importante de cultivar a criatividade é deixar a criança brincar e brincar mais e mais…

Hoje num mundo cada vez mais tecnológico, temos que ter atenção para que as crianças não fiquem somente no celular, tablet, vídeo games, e isso acabe inibindo a sua criatividade.

As crianças precisam brincar, assim como o cérebro precisa de oxigênio e alimento.

E o mais importante!

É deixá-las ter espaço e liberdade para explorar o seu lado criativo e as suas ideias.

As suas emoções e relações representam muito neste processo criativo.

Quando mais se desenvolve, mas se reflete no seu rendimento escolar que melhora e suas habilidades sociais.

Se houver a participação dos pais também, as atividades se tornam ainda mais prazerosas, para toda a família.

As pessoas criativas têm mais facilidades para resolver os seus problemas.

Criam oportunidades e estão sempre procurando inovar.

E não só para as crianças, a criatividade pode ser estimulada em qualquer época da vida, mas quanto mais cedo, melhor.

As crianças já nascem com a criatividade aflorada.

Tem muita curiosidade por natureza,  elas não sabem medir as consequências do medo, por isso, a importância de um adulto por perto.

Dicas de Estímulo para a Criatividade Infantil

Brincadeira de criança: Temos uma preocupação em mantermos os nosso filhos seguros em tudo.

Até no cuidado com as brincadeiras para não se machucarem e se acidentarem.

Mas sabemos que machucar, sujar, e perguntas fazem parte da infância.

Vai uma dica, precisamos deixá-los brincar e explorar a sua criatividade.

As vezes, com o medo de que aconteça algo, limitamos a liberdade e isso gera insegurança.

Então, vamos deixá-las brincar e com monitoramento, para sabermos o que estão fazendo e não estão correndo perigo.

No livro Crianças Dinamarquesas, eles contam como os dinamarqueses estimulam as brincadeiras.

Cuidado com a crítica em excesso:  que pode gerar frustração e bloqueio neste processo criativo.

Com a vida corrida que todo mundo tem, as vezes, chamamos atenção, sem parar e analisar aquela situação.

Com a curiosidade e a procura por descobertas, é natural que uma criança faça coisas erradas.

Nesta hora ao invés de criticar, opa, respira e mostra como se deve fazer e reconheça o seu esforço.

Se for algo, que possa trazer perigo, explique o porque de não fazer novamente.

Dê liberdade: para aprender fazer as coisas sozinhas.

É mais fácil darmos tudo na mão, mas é importante estimularmos o seu desenvolvimento.

Temos que ter paciência com as limitações de cada uma, deixando que se desenvolva e estimulando.

Neste caso, evite comparar o seu filho com outra criança, cada um tem seu tempo.

E as regras, é uma das nossas obrigações como pais, mas cuidado com excesso para não bloquear a criatividade.

Tornando a criança rígida e inflexível.

Evitando que ela explore novas descobertas, embora temos que achar o equilíbrio entre as regras e a rotina, abrindo as exceções.

Uma criança precisa de regras e rotinas e limites.

Cuidado com excesso do uso dos aparelhos eletrônicos, atenção para não transformá-los em brinquedos.

Com isso, a criança deixa de ter estímulos físicos e mentais que um brincadeira ao ar livre ou em casa leva, pois não interage com a família, não se movimenta.

Novos aprendizados:  Estimule a aprender coisas novas.

Como uma aula de música, pintura, atividades esportivas, desenho, brincadeiras ou seja, algo que faço ela ter novas experiências e estímulos neurais.

Evite excesso de atividades, uma agenda lotada evita que a criança tenha um tempo livre para brincar.

E assim possa ter tempo para criar e desenvolver a sua imaginação.

Vamos estimular cada vez mais a criatividade infantil!!

0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×
Anúncios

Deixe uma resposta