Acidentes domésticos com as crianças, veja as dicas para prevenir

0 Flares Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Acidentes domésticos, uma piscada de olhos e a chance disso acontecer é real, não é mesmo.

Passei um susto com o Rafa no início do ano, coloquei os gêmeos no mesmo berço para trocar o lençol do berço do Rafa.

Os dois começaram a brincar de subir um em cima do outro, tirei várias das vezes e do meu lado, Rafa subiu de novo e quando assustei caiu.

Que susto! Não aconteceu nada sério, mas poderia senão tivesse perto.

Nós pais temos um papel fundamental na vida dos nossos pequenos, apresentamos o mundo as crianças, cuidar e prevenir acidentes também é nosso dever.

Somos responsáveis pela sobrevivência dos nossos filhos e qualidade de vida deles.

Uma criança tende a imitar o adulto, mas não sabe quais são as consequências da atitude que está tomando.

Quando se tem bebês e crianças em casa, todo cuidado é pouco.

Cada canto da casa ou qualquer lugar que estejam, pode representar algum perigo, incluindo os locais em que achamos que eles estão seguros.

Atenção aos Acidentes Domésticos mais frequentes 

Sufocação: Cuidado com travesseiros, cobertas ou objetos macios como os bichos de pelúcia e almofadas.

Aspiração: Do próprio leite, após vômitos e sufocação, principalmente para os bebês que ainda bebem em mamadeira.

Cuidado com aspiração de objetos pequenos, para quem tem crianças maiores em casa, atenção redobrada.

Aqui em casa, Lorena tem muitos brinquedos pequenos.

Exemplo, os acessórios da Polly, por isso, converso com ela, mas sempre acontece de deixar algum perdido e preciso ficar atenta, para os meninos não pegarem e colocarem na boca.

acidentes-domesticos

Queimaduras: Com a temperatura da água do banho, ingestão de líquidos quentes.

Exemplo: Como uma mamadeira muito quente.

Atenção no manuseio de produtos quentes, tomar café com o bebê no colo, um simples descuido, é capaz de causar um acidente.

Para os maiores, cuidado com cabo das panelas, deixe-as virada para dentro do fogão.

Assim evita que a criança esbarre no cabo e a panela vire em cima dela.

Enforcamento: Com cordão de pescoço, tira de prender a chupeta.

Quedas: No trocador, cama, cadeira de bebê, principalmente de lugares altos, um descuido do cuidador, o bebê rola e acontece uma queda.

Acidentes em veículos automotores: A falta do uso de assentos de segurança, como as cadeirinhas adequadas, cinto ou mau uso.

Intoxicações: Cuidado com produtos de limpeza, principalmente pelas cores coloridas, que chamam atenção.

Evite deixá-los em locais fáceis de acesso as crianças.

Uso de medicamentos sem orientação médica, erro de dosagem ou até mesmo ingerir devido ao fácil acesso.

Outra atenção, são com as bebidas alcoólicas, perfumes…

Afogamento: Piscinas, tanques, bacias, baldes, vaso sanitário, máquina de lavar, banheira, poços, infelizmente são possíveis de acontecer.

Então vamos ter atenção e não deixá-los sozinhos.

Eletrocussão: Cuidado com as tomadas elétricas deixadas desprotegidas e extensões de fios ligados à corrente elétrica.

Se a criança por exemplo morder o fio, ela pode levar um choque forte.

No caso de tomadas sem fio, opte pelas tampas, que são muito baratas.

Prevenção e Dicas de Segurança para os acidentes

Procure sempre estar num lugar e ângulo de visão que a criança está e que você possa retirar do ambiente todos os riscos potenciais.

Produtos, compre somente produtos certificados.

Todos os produtos comprados para as crianças, seja para o transporte, passeios, brincadeiras ou qualquer outra atividade, devem ser certificados pelo Inmetro, selo que atesta a qualidade de acordo com as normas brasileiras de segurança.

Outra dica, é sempre ler o manual de instruções de todos os produtos que comprar.

Ajuda a prevenir acidentes, na utilização ou instalação de qualquer item e guarde-o para consultas futuras.

Não deixe perto toalhas, lençol e qualquer coisa que permita que o bebê puxe e cai tudo sobre ele ou até mesmo possa usar como apoio para se levantar.

Cuidados em casa

Proteger, arredondar ou usar protetores de cantos de móveis ao alcance do bebê

Instalar portões que evite o acesso a cozinha, lavanderia, escada ou qualquer lugar que possa trazer riscos para a criança.

Cozinha e banheiro são locais perigosos para as crianças, por isso, atenção e cuidado nesses lugares.

Tampar com protetores todas as tomadas elétricas da casa.

Evite o uso de extensão ligada à rede elétrica ou não deixe aonde o bebê possa alcançar.

Instalar redes firmes, eficientes e adequadas nas janelas, sacadas e revisar com periodicidade, considerando a idade e o peso da criança.

Brinquedos, esse é um dos que mais tenho medo por aqui.

Certifique-se que não soltem ou quebrem em pequenos pedaços, que sejam de material atóxico e fácil manuseio.

prevencao-de-acidentes-domesticos

Fique atento!

Nunca deixa baldes, bacias ou coleções de água ao acesso da criança.

Piscinas, se puder, coloque grades em volta, redes de proteção, capas e tampos nos poços.

Evite manusear produtos tóxicos, inflamáveis, limpeza ou medicamentos, perto das crianças e mantenham fora do alcance delas.

Carrinho do Bebê: Quando o bebê estiver no carrinho, coloque o cinto de segurança.

Evite pendurar bolsas ou outros objetos pesados na alça, para evitar tombamentos.

Verifique se o tamanho do carrinho é adequado ao peso e tamanho do bebê.

Se tiver parado, verifique se o sistema de travas e freios está acionado quando o carrinho estiver parado.

Cadeira de alimentação: Sempre coloque o cinto de segurança, assim como verificar se o peso da criança condiz com o limite do produto.

Berços e cercadinhos: Nunca deixe a criança sozinha em berços portáteis ou no cercadinho.

Não utilize colchão que não seja indicado pelo fabricante.

E atenção com objetos que sirvam de apoio para a criança subir e sair do cercado ou que possam causar outro acidente como o sufocamento.

E para fechar, nunca deixe a criança sozinha em casa, carro ou em qualquer lugar, sem a supervisão de um adulto.

 

 

 

Anúncios

Deixe uma resposta