Minhas gestações, como me senti nesse momento

Toda quinta-feira quando abro o meu Instagram vejo tantas fotos de #tbt e hoje me deu vontade de aproveitar e compartilhar as emoções das minhas duas gestações.

Minha 1ª Gestação – Lorena

Descobri que estava grávida da Lorena no dia 01/07/2011, depois de 5 meses tentando, conto com detalhes no post Ser mãe, mas o que gostaria de compartilhar no post de hoje são os sentimentos que tive nas minhas gestações.

O meu sonho de ser mãe estava ali nas minhas mãos com a confirmação daquele exame de sangue.

Uau!! Já pensou em quantas mudanças acontecem na vida da gente a partir daquele “positivo”.

A ficha vai caindo aos poucos, a medida que o tempo vai passando, as mudanças no corpo vão acontecendo, mas é muito mágico.

A primeira consulta com o obstetra fiz tantas perguntas que ele deve ter ficado tonto.

E a ansiedade, coração acelerado para fazer a ultra para que pudesse escutar o coraçãozinho do meu bebê que já era tão amado.

Os meses foram passando, foi uma gravidez tranquila, mas os sentimentos que nos cerca são milhões não é mesmo!

Ficava pensando em como seria o meu bebê, se seria menino ou menina, se estava tudo bem.

Pensava em tantas coisas, como seria como mãe, nunca tinha trocado uma fralda de um bebê, será que conseguiria?

O que podia fazer ou não durante a gravidez para que nada desse errado e não me sentisse culpada.

O preparo do quarto, do enxoval, do chá de bebê, tudo sendo preparado com tanto amor para a chegada da minha filha.

Escutava tantos conselhos, dicas, mas enquanto não passamos por essa experiência, não temos noção da dimensão que é.

Li vários livros, perguntava para as minhas amigas que já tinha filho, para a minha mãe, buscava informação, mas nada se compara a realidade!

Lorena nasceu dia 27/02/2012 num parto de cesária agendado. A família toda estava lá esperando a minha doce menina.

A partir daquele dia a minha vida mudou completamente, agora tinha nos meus braços o meu bebê que dependia de mim para tudo, quanta responsabilidade.

Meu marido também tinha a mesma sensação, já que era tudo muito novo para nós, um amor incondicional, mas sem nenhuma experiência.

Não era mais como nos livros que você lê aquele monte de teoria, agora era na prática, era pra valer.

E já começou pela amamentação, ninguém me falou que o leite poderia não descer…e que seria uma luta nos primeiros dias, que o peito iria doer porque Lorena tentaria mamar e só sairia poucas gotinhas.

Os dois dias que ficamos no hospital, nada do leite descer, apenas umas gotinhas que não sustentava a Lorena, por isso já foi para casa com a receita da fórmula infantil, isso mesmo.

Os primeiros dias são cheio de emoções, a alegria de ter o bebê se junta com um cansaço indescritível não é mesmo, que se mistura com outros sentimentos como o medo, insegurança, será que dou conta.

Mas os dias vão passando, o dom divino que temos de ser mãe vai se aflorando, vamos tendo mais confiança, começamos a curtir mais e mais.

Para quem tem uma rede de apoio por perto as coisas tendem a ser mais fáceis, mas o fato é que a maternidade é uma escola que aprendemos todos os dias….

E depois de quase 05 anos, engravidei novamente e agora dos gêmeos!

Minha Segunda Gestação – Gêmeos Rafael e Felipe

gestações

Isso mesmo, no dia 27 de Janeiro de 2017, depois de quase 02 anos tentando engravidar novamente, descobri que estava grávida.

Ficamos muito felizes, Lorena já estava pedindo uma irmãzinha e depois começou a pedir 02 bebês rsss, e Deus atendeu né!

Descobri que estava grávida dos gêmeos na 1ª ultra com 11 semanas, um susto até porque não podíamos imaginar que não teríamos 2 filhos e sim 03.

Fiquei muito feliz, agora os sentimentos eram diferentes da gestação da Lorena, porque já tinha mais experiências, mas novos surgiram, porque agora eram gêmeos.

Os sentimentos mudaram muito, como seria cuidar de 02 bebês ao mesmo tempo e mais a Lorena, me perguntava, será que vou conseguir saber quem é o Rafa e o Felipe.

Encontrava alguém na rua que conhecia mãe de gêmeos e ficava perguntando como elas faziam, mas acreditem, nós sabemos e hoje consigo diferenciar até o choro quando estão longe.

A minha cabeça ficava o tempo imaginando como daria conta, como seria cuidar deles.

O que eu posso ou não fazer para me cuidar, para que corra tudo bem com a gestação, algumas pessoas comentavam do tamanho da minha barriga.

Mas a minha vida se transformou, tenho muito mais trabalho hoje, mas estou muito feliz.

Prefiro pensar nas recompensas que me traz, os beijos triplos, as gracinhas dobradas, as brincadeiras, o amor incondicional e buscar levar tudo numa maior leveza possível….

Adorei compartilhar com vocês ! Um beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s