Ser mãe, como foi a descoberta do meu maior sonho

Ser mãe, sempre foi um sonho, ficava imaginando como seria, mas nada se compara a realidade.

Só na prática vivemos e aprendemos cada momento.

Como foi…

Quando completei 34 anos, resolvi que era hora de parar de tomar pílula para tentar engravidar, e começou uma expectativa e ansiedade diária, depois de 05 meses, finalmente veio a tão esperada notícia, estava grávida.

Descobri a gravidez da Lorena no dia 01 de Julho de 2011, depois de alguns dias de atraso da minha menstruação, o que pra mim, não era normal.

Na noite anterior, comprei um teste de farmácia, li a bula com as orientações e deixei no banheiro, para que pudesse fazer na manhã seguinte na primeira urina, conforme estava escrito na bula.

Fiquei pensando se desse positivo, como faria uma surpresa para contar para o meu esposo, sabe o que aconteceu…não consegui fazer.

Na manhã seguinte, quando fiz o teste e as duas linhas do teste apareceram e vi que era positivo, isso 6h da manhã, sai do banheiro correndo e acordei o meu marido que levou um susto rsss.

Toda a surpresa que pensei em fazer, foi por água abaixo, porque contei só com o teste na mão.

Comemoramos muito, mas precisava fazer o exame de sangue para confirmar e assim na mesma manhã, fui para o laboratório fazer.

Achei que sairia na hora e não foi o que aconteceu, passei o dia todo na expectativa para confirmação.

O resultado só sairia a partir das 19h pelo site do laboratório, quando deu o horário, já estava lá acessando o site, e nada do resultado.

Entrava de 5 em 5 minutos, até que finalmente saiu.

Não me aguentei de tanta felicidade, fiquei esperando o meu marido chegar para comemorarmos a certeza do exame.

Mas acredite, isso foi numa sexta-feira a noite, então como descobri bem no início, fiquei com receio, liguei para uma amiga que também estava grávida para saber como apareceu no exame dela.

Embora tivesse pedido para os meus pais e a minha irmã, aguardar ir até a minha médica para contar aos amigos e familiares, eles não aguentaram e a notícia se espalhou.

A gravidez foi super tranquila e fiquei muito feliz com a chegada da minha tão amada Lorena, que nasceu no dia 27 de Fevereiro de 2012.

Nascimento de bebê

E combinamos que esperaria a Lorena crescer um pouco, para tentarmos mais um bebê, só que não foi tão fácil assim.

Quando a Lorena tinha 3 anos, resolvi parar novamente a pílula, mas não conseguia engravidar e o meu médico pediu que eu aguardasse até 01 ano da data que havia parado a pílula.

Foi quando estava próxima de completar 01 ano, resolvi fazer alguns exames e descobri nódulos na tireóide, o que poderia estar atrapalhando engravidar novamente.

Precisei fazer uma cirurgia chamada Tiroidectomia, que remove toda a tireóide e assim começar um acompanhamento que será permanente com uma endocrinologista.

A cirurgia aconteceu dia 14 de Março de 2016, durante todo o ano fiz vários de acompanhamento para que o meu TSH se normalizasse.

Quando foi em Dezembro de 2016, consegui e voltei ao meu ginecologista, que me passou uma série de exames, para tentarmos novamente engravidar.

Sabe o que aconteceu, o primeiro exame foi uma ultra para saber se estava ovulando e o meu marido teria que fazer uma espermograma.

Fiz o exame no início de Janeiro e o meu marido teria que fazer o dele, o que acabou não acontecendo, porque engravidei novamente antes dele fazer o exame.

No dia 27 de Janeiro, depois de ver que a minha menstruação estava atrasada dias, fora do normal, devido a cirurgia, nos primeiros meses, ela ficou muito desregulada, por isso, já tinha acontecido antes, fiquei com receio de fazer o teste e ser negativo novamente.

De novo, numa sexta-feira, tomei coragem e fui direto no laboratório fazer, cheguei as 14:55h, cinco minutos antes de terminar a coleta do sangue.

O resultado só sairia as 17:30h, que ansiedade, mas finalmente veio a confirmação, estava grávida novamente, quanta alegria.

Preciso contar, que o mês inteiro de Janeiro, Lorena estava me pedindo uma irmãzinha…eta pressão!

Liguei para o médico e ele confirmou quando viu a minha mensagem no celular, precisava dele, porque não estava acreditando.

Dia de muito alegria, peguei a Lorena na escola e quando cheguei em casa, contei a novidade junto com o meu marido, que só estava esperando a confirmação do exame.

Fomos comemorar, porque estávamos muito felizes, mal sabia que por uma benção de Deus, no dia 23 de Março descobriria a gravidez dos gêmeos! O que conta em detalhes no post sobre os Gêmeos

Rafael e Felipe nasceram no dia 15/08/2017, num parto prematuro com 35 semanas, diferente do parto da Lorena, muita correria, mas Graças a Deus, chegaram ao mundo com muita alegria e cheio de amor.

Nascimento dos bebês

Escolhi este lindo texto, para representar o que é Ser Mãe

Ser mãe é a tarefa mais séria que Deus pôs no livro da vida.

Ser mãe não é como casamento, afinal não há divórcio entre mãe e filho, é um pacto eterno entre dois seres.

É um amor maior, não explicável pelos poetas, não conheço nenhuma poesia ou texto que descreva o milagre de ser mãe.

É carregar o filho no ventre por nove meses, é senti-lo, esperá-lo.

Gerar um ser, um serzinho que vai ter características tuas, que vai ser teu, que vai vir de dentro de ti.

É tua a responsabilidade de fazer com que ele se sinta amado, é tua a responsabilidade de encaminhar ele nesse mundo que agora parece mais cruel que nunca.

Ser mãe é ser anjo da guarda, protetora, melhor amiga, confidente…

Ser mãe é ser carinho constante, olhar que aprova, é ser respeito, é ser responsável por uma vidinha que por longos anos vai depender de ti pra tudo, e mais tarde vai aprender a voar.

Ser mãe faz você esquecer a maldade, faz você renovar as esperanças, faz você dar o melhor em tudo, afinal agora é você quem tem que cuidar de alguém.

Ser mãe faz você esquecer de si, e pensar só no filho.

Ser mãe é ser leoa.

Ser mãe é ser fada encantada que agora vai contar mil histórias e cantar mil músicas infantis.

Ser mãe é ser educadora, é dispensar o fútil e pensar somente no futuro.

Ser mãe é um presente de Deus.

Fonte do texto: Beta Lotti

Dedico este post, aos meus filhos tão amados que me faz querer ser uma pessoa melhor todos os dias! Lorena, Rafael e Felipe, amo muito vocês.